Seu Transporte em Barueri - Mobile (BREVE)

Presados usuários,

Estamos programando uma versão mais otimizada para uso em Smartfones e Tabletes. Navegação Fácil e Informação Precisa. 

Esta nova ferramenta só fornecerá itinerários e horários da linhas municipais de Barueri.

Lançamento: 02/05/2015 após as 18h00.

Detalhes de como instalar junto ao lançamento. Aguardem!

Novas cidades disponíveis para consulta.

É com prazer que informamos que o BlogService Seu Transporte está expandindo para outras cidades. Aos poucos todas as linhas das cidades de Cajamar, Itapevi, Jandira, Osasco, Pirapora do Bom Jesus e Santana do Parnaíba estarão disponíveis para consulta.

Passe Livre Estudantil do Governo do Estado pode ser a alternativa

Aos alunos com pedidos indeferidos pela Prefeitura de Barueri e outras da região que não dispõem do beneficio passe livre para estudantes, poderão optar pelo beneficio oferecido pelo governo do estado de São Paulo por meio da EMTU, Metro ou CPTM, por meio do cartão Bom Escolar (para a EMTU) e Bilhete Único (para o Metro e a CPTM).

Veja quem tem direito ao beneficio: 



Para solicitar, basta ir a secretaria da instituição de ensino e informar que desejar obter o Passe Livre Estudantil para o Metro, EMTU ou CPTM. Apos isso a escola lhe informara os demais passos para ter o beneficio.

Listagem dos "Reprovados do Passe Livre" estudantil de Barueri sairá em abril

Segundo esclarecimento da Secretaria de Transporte e Mobilidade Urbana, a listagem dos reprovados sairá em abril. Nesta listagem aparecerá os nomes de quem deu entrada no beneficio e que foi indeferido. 

Já os deferidos serão convocados a comparecerem no posto de atendimento do Cartão Barueri no Ganha Tempo para receberem seu beneficio. Visto que não será utilizado o Cartão Benfácil Estudante para carregar o beneficio. 

Os beneficiários que não tiveram seus cartões expedidos ainda, os receberam quando convocados para comparecer no ganha tempo.

Lei Municipal da Isenção nos ônibus Municipais de Barueri

Idosos com 60 anos ou mais estarão isentos de pagamento de passagem nos coletivos municipais de Barueri.

Segundo a Lei Municipal nº 2.390/2015, este beneficio necessitara de solicitação do interessado Junto a Secretaria de Mobilidade Urbana. Com inicio das solicitações em 24/04/2015 (data após o limite do Executivo ter regulamentado a Lei, que são de 60 dias).

Veja a Lei:

Lei N.º 2390, de 23 de Fevereiro de 2015

“DISPÕE SOBRE A ISENÇÃO DA TARIFA DE ÔNIBUS ÀS PESSOAS COM IDADE IGUAL OU SUPERIOR A 60 ANOS”.
 
 
 
GILBERTO MACEDO GIL ARANTES, Prefeito do Município de Barueri, usando das atribuições legais, FAZ SABER que a Câmara Municipal aprovou e ele sanciona e promulga a seguinte Lei:

Art. 1º. Ficam as pessoas com idade igual ou superior a 60 (sessenta) anos isentas do pagamento da tarifa de ônibus no serviço de transporte coletivo público de passageiros do Município de Barueri.

Art. 2º. As pessoas interessadas na isenção de que trata esta lei deverão requerer o benefício junto à Secretaria de Transporte e Mobilidade Urbana.

Art. 3º. Esta lei será regulamentada por decreto do Executivo Municipal, no prazo de até 60 (sessenta) dias a contar da data de sua publicação.

Art.  Esta lei entra em vigor na data de sua publicação.

Art.  Revogam-se as disposições em contrário.

Prefeitura Municipal de Barueri, 23 de fevereiro de 2015.
GILBERTO MACEDO GIL ARANTES
Prefeito Municipal

Isenção Tarifaria para Idosos maiores de 60 anos

Lei N.º 2390, de 23 de Fevereiro de 2015

“DISPÕE SOBRE A ISENÇÃO DA TARIFA DE ÔNIBUS ÀS PESSOAS COM IDADE IGUAL OU SUPERIOR A 60 ANOS”.
 
 
 
GILBERTO MACEDO GIL ARANTES, Prefeito do Município de Barueri, usando das atribuições legais, FAZ SABER que a Câmara Municipal aprovou e ele sanciona e promulga a seguinte Lei:

Art. 1º. Ficam as pessoas com idade igual ou superior a 60 (sessenta) anos isentas do pagamento da tarifa de ônibus no serviço de transporte coletivo público de passageiros do Município de Barueri.

Art. 2º. As pessoas interessadas na isenção de que trata esta lei deverão requerer o benefício junto à Secretaria de Transporte e Mobilidade Urbana.

Art. 3º. Esta lei será regulamentada por decreto do Executivo Municipal, no prazo de até 60 (sessenta) dias a contar da data de sua publicação.

Art.  Esta lei entra em vigor na data de sua publicação.

Art.  Revogam-se as disposições em contrário.

Prefeitura Municipal de Barueri, 23 de fevereiro de 2015.
GILBERTO MACEDO GIL ARANTES
Prefeito Municipal

Cartão BOM Sênior para idosos acima de 60 anos já esta sendo emitidos.

Cartão BOM Sênior











Atualmente, o cartão que garante a gratuidade nas linhas
intermunicipais da Região Metropolitana de São Paulo, conforme a
Lei nº 15.187, é concedido aos cidadãos com 60 anos ou mais.
Com o BOM Sênior, o usuário realiza o embarque pela porta
dianteira do ônibus e, ao aproximar o cartão do validador, passa
pela catraca e desembarca pela porta traseira do veículo, o que permite
ao passageiro mais opções de lugares no ônibus.

Aquisição do Cartão para idosos com idade entre 60 e 64 anos

Para obter o cartão, o interessado deve comparecer num dos cinco
postos do Poupatempo da Grande São Paulo - Santo Amaro, Itaquera,
Guarulhos, São Bernardo do Campo (que funcionam de segunda
a sexta-feira, das 7 às 19 horas e aos sábados das 7 às 12 horas),
e de Osasco (que funciona das 8 às 18 horas e aos sábados das 8
 às 12 horas). 
Será necessária a apresentação do CPF, do documento de identidade
(RG) e comprovante de endereço. O cartão será emitido na hora e sem
custo para o usuário.

Aquisição do Cartão para idosos acima de 65 anos

Para solicitar o BOM Sênior é necessário comparecer a uma das lojas
do Cartão BOM, portando os seguintes documentos:
  • CPF (original);
  • RG (original);
  • Comprovante de residência recente no período máximo de 03 (três) meses 
  • (original)

Locais para cadastramento

Loja do Cartão BOM - Arujá
Avenida dos Expedicionários, 1.056 - Centro - Arujá
Horário de Atendimento: de 2ª a 6ª feira, das 9h às 16h30.
Aos sábados, das 9h às 12h.
Loja do Cartão BOM - Guarulhos
Avenida Tiradentes, 1.305 - Centro - Guarulhos.
Horário de Atendimento: de 2ª a 6ª feira, das 9h às 16h30.
Aos sábados, das 9h às 12h.
Loja do Cartão BOM - Osasco
Avenida dos Autonomistas, 500 - Top Shop - Loja 13 - Vila Yara - Osasco.
Horário de atendimento: de 2ª a 6ª feira, das 9h às 16h30.
Aos sábados, das 9h às 12h.
Loja do Cartão BOM - São Bernardo do Campo
Rua Jurubatuba, 1.134 - Centro - São Bernardo do Campo.
Horário de atendimento: de 2ª a 6ª feira, das 9h às 16h30
Aos sábados, das 9h às 12h.
Loja do Cartão BOM - São Paulo - Pinheiros
Rua Cunha Gago, 416 - Pinheiros - São Paulo.
Horário de atendimento: 
de 2ª a 6ª feira, das 9h às 16h30.Aos sábados, das 9h às 12h.
Loja do Cartão BOM - São Paulo - Vila Mariana
Rua Domingos de Moraes, 1.297 - Vila Mariana - São Paulo.
Horário de atendimento: de 2ª a 6ª feira, das 9h às 16h30.
Aos sábados, das 9h às 12h.
Loja do Cartão BOM - Suzano
Avenida Vereador João Batista Fitipaldi, 109 - Centro - Suzano.
Horário de atendimento: de 2ª a 6ª feira, das 9h às 16h30.
Aos sábados, das 9h às 12h.
Loja do Cartão BOM - Taboão da Serra
Avenida Armando de Andrade, 313 - Centro - Taboão da Serra.
Horário de atendimento: de 2ª a 6ª feira, das 9h às 16h30.
Aos sábados, das 9h às 12h.
Mais informações pela Central de Atendimento do BOM 0800 77 11 800.

"Passe Livre" estudantil ainda esta pendente em Barueri

Segundo pesquisas realizadas pelo Blog, a Secretaria de Transporte e Mobilidade Urbana de Barueri fará o castramento do Beneficiário por meio da Secretaria de Educação em seus polos de ensino espalhados pela cidade.

Sendo assim o interessado deverá jundo a secretaria da escola dar entrada com sua solicitação do "Passe Livre" com os documentos exigidos e aguardar um prazo de até 20 dias para verificação de distancia entre escola-casa-escola do interessado além da analise da renda bruta familiar.

Seguidos as burocracias, por volta de março de 2015 os pedidos deferidos já estarão com seus "Passe Livre" para usufruir.

Segundo informações colidas na Secretaria de Educação, as escola já estarão aptas para receber os pedidos a partir de 09/02/2015.

Reajuste tarifário Integração Ônibus - Trem

Resolução STM-3, de 30-01-2015
Repasse do reajuste da tarifa do transporte coletivo urbano dos municípios de Barueri, Jandira e Itapevi
O Secretário dos Transportes Metropolitanos, com fundamento no Decreto 49.752, de 04-07-2005,

Considerando a Resolução STM-024, de 12-04-2006, que criou o bilhete de integração trem metropolitano x ônibus municipal de Itapevi, no trecho entre as estações de Itapevi e Amador Bueno, no município de Itapevi, da linha 8 Diamante da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos – CPTM;

Considerando a Resolução STM-85, de 12-12-2007, que criou o bilhete de integração trem metropolitano x ônibus municipal de Barueri, nas estações de Barueri e Jardim Silveira, na Linha 8 Diamante da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos – CPTM;

Considerando a Resolução STM 62, de 09-06-2011, que instituiu a integração física, tarifária e operacional envolvendo o Sistema de Trens Metropolitanos e o Sistema Municipal de Ônibus de Jandira;

Considerando a necessidade da absorção do aumento da tarifa do transporte coletivo urbano dos Municípios de Barueri e Itapevi, que elevam seus valores de R$ 3,00 para R$ 3,50, a partir da zero hora do dia 06-01-2015, sem qualquer acréscimo para as tarifas do sistema de trens metropolitanos;

Considerando a necessidade da absorção do aumento da tarifa do transporte coletivo urbano do Município de Jandira, que elevou seu valor de R$ 3,00 para R$ 3,40, a partir da zero hora do dia 26-01-2015, sem qualquer ônus para as tarifas do sistema de trens metropolitanos, resolve:

Artigo 1º: Estabelecer a tarifa de R$ 5,30 para o Bilhete Integrado Metropolitano – Linha 8 Diamante com linhas municipais de Jandira, Barueri e Itapevi.

Artigo 2º: Esta Resolução entra em vigor a zero hora do dia 01-02-2015, revogadas as disposições em contrário.

"Passe Livre" para estudantes de Barueri já podem ser solicitados.

Decreto n° 8.061 de 05/01/15; garante gratuidade aos estudantes da rede publica de Barueri, da FIEB ou de instituições particulares de ensino localizadas em território barueriense. Beneficiário tem que ter renda familiar bruta de até 2 salários mínimos nacionais hoje em R$ 788,00 (piso municipal é de R$ 1.174,16), onde media do quadrimestre não pode ultrapassar  R$ 1.576,00.

Renda Bruta, a soma de todos os salários dos membros da família que residem juntos sem descontos

Alem deste requisito é obrigatório ser munícipe barueriense e comprovar por documentação emitida pela Secretaria de Habitação, ou proprietário do imóvel alugado ou contas de consumo (água, luz ou telefone fixo) ou por simplesmente apresentar o Cartão Barueri.

Veja o que é necessário

- Comprovante de Residencia (contas de luz, água ou telefone fixo, declaração emitida pela Secretaria de Habitação, contrato de locação, declaração do proprietário);

-  Certidão de matrícula fornecida pelo estabelecimento de ensino;

- Comprovante de renda bruta familiar igual ou inferior a 2 (dois)
salários mínimos nacionais.

Quem vai pagar a conta?

Segundo o decreto que poderá ser lido na integra neste post, revela que a conta será paga pela concessionaria ou permissionária do transporte publico municipal, no caso a empresa Benfica BBTT.

Beneficio absurdamente restritivo

Na pratica poucos estudantes se beneficiará do "Passe Livre" estudantil, pois não abre margem para alunos de outros municípios que estudam em Barueri na rede publica ou particular com bolsa.  Decreto não beneficia nem mesmo os estudantes da área de cooperação da Cioeste (consorcio que inclui Barueri e cidades da região oeste da RMSP) que em geral utilizam serviços em Barueri.

Sem contar que a prefeitura fornece transporte escolar a alunos da rede publica de ensino.

Já para alunos que reside até 2 km da instituição de ensino e estudam no período diurno ou noturno não se beneficiará do "Passe Livre". Segundo a enciclopédia eletrônica Wikipedia velocidade média do ser humano é de 5 km/h o que indica que este estudante andando vai levar cerca de 24 minutos caminhando até a escola.

"Passe Livre" limitará uso do transporte em 2 viagens nos coletivos; apenas a ida e a volta esta garantida. Mais uma vez as autoridades limitam a educação a salas de aula, deixam lazer, cultura e esportes fora da grade extra curricular de ensino, um grande equivoco. 

Onde solicitar o "Passe livre"?

Secretaria de Transporte e Mobilidade Urbana
Rua da Prata, 725
Jardim dos Camargo, Barueri-SP.
06410-000

Telefone: 11 4199-1414

Atendimento: das 08h00 as 17h00.

Linhas de ônibus que te levam até lá:

A-112 Hospital
A-165 Tupanci
T-253 Imperial via Rua da Prata
T-651 Mutinga via Rua da Prata.


Ato oficial que cria "Passe Livre":


DECRETO No 8.061, DE 5 DE JANEIRO DE 2015

“DISPÕE SOBRE A INSTITUIÇÃO DO BILHETE ‘PASSE LIVRE’
NO SERVIÇO DE TRANSPORTE PÚBLICO DE PASSAGEIROS
DO MUNICÍPIO DE BARUERI”.

GILBERTO MACEDO GIL ARANTES, Prefeito do Município de Barueri,
no uso das atribuições que lhe são conferidas por lei D E C R E T A:

Art. 1º. Fica instituído o bilhete eletrônico “Passe Livre” no servi-
ço de transporte público de passageiros do Município de Barueri.

§1º O bilhete eletrônico “Passe Livre” é destinado aos estudantes
regularmente matriculados nos estabelecimentos públicos de ensino
fundamental e médio localizados no Município de Barueri e
reconhecidos pelo Ministério da Educação, bem como aos estudantes
das instituições de ensino mantidas pela FIEB – Fundação
Instituto de Educação de Barueri e de Faculdade ou Universidade
localizadas neste Município que se utilizem do programa FIES
ou PROUNI.

§2º Os créditos concedidos no bilhete de que trata este artigo terão
validade apenas para o mês da respectiva concessão, vedada
a concessão durante os meses de férias escolares.

Art. 2º. Não terão direito ao bilhete “Passe Livre” os estudantes matriculados
no período diurno ou noturno que residam em um raio
inferior a 2.000m (dois mil metros) de distância dos estabelecimentos
de ensino referidos no “caput” do art. 1º.

Art. 3º. Os estudantes interessados no bilhete de que trata este decreto
deverão formular requerimento junto à Secretaria de Transporte
e Mobilidade Urbana, instruído com os seguintes documentos:

I – comprovante de residência no Município de Barueri (contas de
luz, água ou telefone fixo, declaração emitida pela Secretaria de
Habitação, contrato de locação, declaração do proprietário);

II – certidão de matrícula fornecida pelo estabelecimento de ensino;

III – comprovante de renda bruta familiar igual ou inferior a 2 (dois)
salários mínimos nacionais.

§1º A eventual apresentação do Cartão Barueri supre a exigência
de que trata o inciso I deste artigo.

§2º Entende-se como renda bruta familiar, para os efeitos do inciso
III deste artigo, a média dos recursos fixos e variáveis percebidos
nos últimos 4 (quatro) meses.

Art. 4º. Após aprovação pela Secretaria de Transporte e Mobilidade
Urbana, os beneficiários farão jus a créditos correspondentes
a 2 (duas) tarifas vigentes para cada dia letivo.

Art. 5º. Os estudantes beneficiários deverão, ainda, comprovar a
frequência escolar por meio de declaração da escola, extrato mensal
do controle de frequência emitido pela escola ou caderneta de
frequência escolar que contenha sua respectiva identificação.

Art. 6º. As despesas decorrentes da implantação do bilhete “Passe
Livre” correrão por conta das empresas concessionárias ou permissionárias
do serviço de transporte público de passageiros do
Município de Barueri.

Art. 7º. Este decreto entra em vigor na data de sua publicação.
Prefeitura do Município de Barueri, 5 de janeiro de 2015.

GILBERTO MACEDO GIL ARANTES
Prefeito Municipal